Turismo de massas

IMG_1587O navio de grande porte sulca o rio, vagarosamente, pelos canais abertos à navegação, até encontrar, mais à frente, as águas do Atlântico. Trata-se de um navio de cruzeiros, cheio de turistas, que demandaram Lisboa no dia anterior. Como este vêm outros quase todos os dias, nesta época do ano. Lá dentro é um hotel com diversões várias; ou melhor vários hotéis, pois há o muito caro e o razoável, consoante as companhias e o mercado com que trabalham. Estes navios podem transportar, consoante o tamanho, entre algumas centenas a vários milhares de passageiros, para além da tripulação. A cidade de Lisboa é um encanto para esses turistas que procuram sol, boa comida mediterrânea, monumentos que revelem o passado do país cuja História muitos deles desconhecem. A juntar a tudo isso há a beleza da subida do Tejo até Santa Apolónia, e depois a descida de volta ao oceano. Entretanto, com algum alvoroço, correm de bombordo a estibordo e da proa à ré, para tirarem fotografias que trocarão com amigos e familiares e com as quais vão enchendo as redes sociais. Depois de descobrirmos mundos, o mundo começa a descobrir-nos. Enfim, são modas, épocas, negócios. E divertimento para a classe média e média alta que nos procura.