Apeteces

 O teu amor
 não sei como te dizer
 descobriu-me um dia
 e depois abandonou-me

 Quando me chamas
 sei que não me amas
 Quando me esqueces
 sei que não me mereces
 
Mas tu que não me amas
 e me esqueces… apeteces

© António Garcia Barreto 
(do livro em preparação "Lúcido Rumor")

O Cio das Manhãs

Amigos do BRASIL interessados no meu livro de poesia podem obtê-lo em muitas livrarias do país, a começar pela Livraria Martins Fontes, em São Paulo, na Av. Paulista. (R$32,00).

Leitura de um poema de “O Cio das Manhãs”

Eventuais interessados no meu livro de poemas “O Cio das Manhãs”, autografado e com portes grátis, podem contactar-me através do email agbmail(at)sapo.pt. Envio via CTT para Portugal. Preço de autor 8,00€. (Preço de capa 12,00€).

O livro também está à venda online, em edição em papel ou em ebook (Preço 12,00€ e 5,00€), respetivamente. Encontra-se (ou virá a estar) à venda no Brasil, edição em papel. (Preço R$32).

O Cio das Manhãs

Melancolia

Contigo viajo à procura do sol
de sorrisos cristalinos
como o orvalho das manhãs
para acender a luz e
iluminar a minha tristeza

Minha amiga, alma gémea
minha caderneta de versos
que escrevo nas manhãs cinzentas
quando tu vens procurar
o meu silêncio e dormir a meu lado
num conforto de palavras

Não penses que te amo
embora andes sempre a meu lado
desafiando-me a quebrar
Não conseguirás impedir-me
de procurar o sol das tardes mornas e
doces, de produzir canções alegres
e de caminhar pela vida
de rosto iluminado e olhar determinado
Não me derrotarás, melancolia.

© António Garcia Barreto