Explicação difícil

Michel Houllebecq, escritor

E você, Michel, o que faz aqui? A resposta mais próxima da verdade será provavelmente algo como ‘Nada’; mas é sempre difícil explicar esse tipo de coisa para uma pessoa ativa.

Michel Houellebecq in “Plataform”

Os EUA segundo W. Somerset Maugham

Larry foi incorporado, tal como desejava, nesse tumultuoso conglomerado da humanidade, alienado por tantos interesses contraditórios, tão perdido na confusão do mundo, tão sedento de bem, por fora tão arrogante, por dentro tão tímido, tão bondoso, tão cruel, tão confiante e tão desconfiado, tão mesquinho e tão generoso, que é o povo dos Estados Unidos.”

William Somerset Maugham in “O Fio da Navalha”, ASA, 2010

Como se tornar um escritor

“Você provavelmente precisa de um dicionário de sinónimos, um livro de gramática rudimentar e um controle da realidade. Este último significa: não há almoço grátis. Escrever é trabalho. Também é jogo. Você não tem um plano de pensão. Outras pessoas podem ajudá-lo um pouco, mas essencialmente você está sozinho. Ninguém está obrigando você a fazer isso: você escolheu, então não reclame.”

Margaret Atwood