Sem título

(Inscrevi-me no batalhão Académico e, termi-

nada a Aventura de Monsanto, parti para o

Norte, a arder de Esperança.)

Para que me serve agora essa Esperança

e o passado tal como o penso

visto pelos olhos arrancados

aos meus fantasmas de criança

que trago atados num lenço

e de quando em quando desembrulho

(com a sensação de viver sufocado de silêncio

debaixo de entulho)?

José Gomes Ferreira, “Poesia VI”, Diabril Editora, Lisboa, 1976