Apeteces

 O teu amor
 não sei como te dizer
 descobriu-me um dia
 e depois abandonou-me

 Quando me chamas
 sei que não me amas
 Quando me esqueces
 sei que não me mereces
 
Mas tu que não me amas
 e me esqueces… apeteces

© António Garcia Barreto 
(do livro em preparação "Lúcido Rumor")