Notas de um velho nojento

Notas de Um Velho NojentoNotas de Um Velho Nojento by Charles Bukowski

My rating: 4 of 5 stars

A escrita de Charles Bukowski está quase toda ela intimamente ligada ao social, ao estrato mais baixo dos trabalhadores americanos, dos vagabundos, e à vida do próprio Bukowski, ele próprio um indivíduo que viveu a vida balançando entre a marginalidade e a vontade de se integrar na sociedade, sem se esforçar muito por isso. Poeta, apostador de corridas de cavalos, bebedor inveterado, obcecado por sexo, os seus romances são quase todos autobiográficos, ou com bastante de si próprio e do seu alter ego Henry. Los Angeles é o seu espaço vivencial. “Notas de um velho nojento” é um pouco disso tudo. Não tem, que me lembre, quem imite a sua escrita, porque ela lhe sai muito do corpo, da sua vivência. Às vezes, a crueza linguagem e certas passagens dos seus livros, lembram momentos da obra do brasileiro Rubem Fonseca, mas este é um intelectual observador da sociedade brasileira, sobretudo do Rio de Janeiro.

View all my reviews