O lobo e o grou

La FontaineVendo-se o lobo engasgado
Com um osso e muito oprimido
Para o tirar, aos mais brutos
Foi cometendo partido.

Persuadido o grou com as juras,
O dilatado pescoço
pela goela do lobo
Meteu, e tirou-lhe o osso.

Pedindo-lhe o prémio: “Ingrato”,
Disse, “que te hei-de pagar?
Não te basta de meus dentes
Salvo o pescoço tirar?”

Fábulas de La Fontaine (Origem da expressão popular “Cair na boca do lobo”.)