2020 está à porta

Espero que o Ano que aí vem, por sinal bissexto, nos faça melhores. Nos limpe os egos da soberba que os afeta. Sejamos mais humildes e capazes de confraternizar com os nossos iguais, mais sérios nas coisas sérias, não enjeitando nem o diálogo nem o sorriso. Amar sem dar poucochinho, viver pensando também nos outros e na forma de os auxiliar. Ser justos e cordiais procurando a nossa felicidade e a dos que nos rodeiam. Estar mais atentos às alterações climáticas concorrendo para ter um planeta mais saudável, à medida humana. BOM ANO 2020.

(agb)