Trecho de “A Malta…”

“- Vou de férias, mas quando fizer quinze anos tenho um emprego à minha espera. E vocês na moinisse, a mandriar e a namorar. Eu nem vou ter tempo para dormir.
– Nós, a moinar? Pensas que ficamos aqui de barriguinha ao sol? Três meses de férias vão ser três meses de trabalho numa loja, numa fábrica, ou até numa carvoaria. Vamos entrar brancos e sair de lá pretos de carvão.”

(António Garcia Barreto inA Malta da Rua dos Plátanos“, Book Cover Editora)

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.