18 de janeiro

Encontrei mesmo há instantes, a caminho do Café, uma moeda de cem depositada num banco.
Vou gastá-la agora mesmo. Nunca se deve ficar com o que não nos pertence.

João Luís Barreto Guimarães in “poesia reunida”, Quetzal, 2011

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.