Katherine Vaz, escritora luso-americana

ng1359351Tenho há vários anos na minha biblioteca dois livros da escritora luso-americana Katherine Vaz: “Saudade” e “Fado e Outras Histórias”. Katherine Vaz nasceu na Califórnia e tem ascendentes açorianos, pelo lado do pai e avô, e irlandeses, por parte da mãe. Mas não é isso que pretendo sublinhar. Quando peguei no livro “Saudade” não fiquei muito entusiasmado com a leitura, que abandonei de imediato. Acontece-me nem sempre estar preparado para determinadas leituras, que tem mais a ver com interesses e disponibilidades de momento, que pelo valor e interesse (ou não) da obra. Ontem, num raid pelas estantes, encontrei um outro livro da autora: “Fado e Outras Histórias”. Comecei a lê-lo e o interesse em continuar manifestou-se de imediato. Como não é difícil de imaginar são histórias que têm a ver com a vida desses emigrantes açorianos em terras do Tio Sam, histórias em que a autora está muitas vezes presente, e que para além de revelarem uma realidade sempre interessante de conhecer, são apresentadas por uma escrita fluida que cobre registos de locais tão diferentes como Havai, a Califórnia e os Açores. O livro recebeu em 1997 o “Drue Heinz Literature Prize”. Outro romance da escritora intitula-se “Mariana” e aborda a vida de Mariana Alcoforado. Katherine Vaz esteve várias vezes em Portugal. Vale pena conhecer a sua obra. Estou a descobri-la agora.