Mily Possoz

Mily Possoz

Mily Possoz, “Senhoras num Jardim”, 1930

“Regressada a Portugal em 1909, integra o movimento modernista emergente participando nas Exposições de Humoristas e Modernistas, sendo também das poucas artistas da sua geração a organizar exposições individuais do seu trabalho, consagrando-se como uma das mais importantes artistas portuguesas da primeira metade do século XX. Excelente desenhadora, colabora como ilustradora em numerosas publicações, como as revistas ABC, a Athena, a Contemporânea, A Ilustração Portuguesa, entre outras.” Wikipédia