Maria Ondina Braga

 

Seria interessante reeditar a obra literária de Maria Ondina Braga (1932-2003). A sua editora, a Editorial Caminho, do grupo Leya, prestaria um bom serviço à Cultura Portuguesa ao fazê-lo. Certamente, julgo eu, não iria vender milhares de exemplares. Mas talvez fosse possível encontrar alguns patrocinadores interessados, tanto em Portugal como em Macau, Goa, Angola, na China propriamente dita, onde também esteve, que ajudassem a suportar os custos de uma edição que seria muito louvável. É uma obra repassada de melancolia, que nos transmite uma visão de uma época, de uma personalidade algo solitária, e de uma forma de estar no mundo português de então.
Alguns títulos:
* A China Mora ao Lado
* Nocturno em Macau
* Passagem do Cabo
* Vidas Vencidas
* Eu Vim para Ver a Terra
* O Jantar Chinês e Outros Contos
* O Destino Viaja a Bordo (para a EXPO 98)
* A Rosa de Jericó
A maioria destes títulos está esgotada. E faltam outros.

Autor: António Garcia Barreto

Um tipo à procura de palavras para escrever frases que falem de coisas inúteis.