Passar de moda

Alguns autores (muitos), dir-se-ia passarem de moda. E a moda é tudo, embora continue a haver crianças alvo de maus tratos, forçadas a trabalhar, homens e mulheres que não conseguem emprego, gente que emigra para ter uma vida, maiorais, terratenentes, corruptos, etc.
Escritas diferentes, valores comuns: José Cardoso Pires, Alves Redol, José Gomes Ferreira, José Rodrigues Miguéis, Jorge Amado (e outros).