Selfies

O fenómeno das selfies vem ilustrar uma característica marcante da socidade actual: as pessoas dão demasiada importância à sua própria imagem, a si próprios, aos seus direitos, em detrimento dos outros e dos seus deveres. A relação com os outros encerra quase sempre uma tentativa de domínio ou de afastamento (consoante o temperamento), de vaidade, e cada vez menos de relação amistosa e saudável, apesar de ser isso que se tenta difundir. A selfie é o retrato de uma civilização em que cada um está cada vez mais comprometido consigo próprio.