A Grécia

A Grécia comove-me e encanta-me ao mesmo tempo. Como acontece com muitas outras pessoas que conhecem o país razoavelmente. Penso em escritores como Lawrence Durrell, que lá viveu durante anos, conhecendo as ilhas e o seu povo, deixando prova disso no maravilhoso livro “As Ilhas Gregas”. Ou Henry Miller, no seu livro “O Colosso de Maroussi”. Podia citar outros. As ilhas afortunadas, a luz, o azul do céu, as águas do mar, os mosteiros perdidos nos caminhos das serras, tudo isso me encanta. Como me encanta a sua História e os seus mitos da antiguidade, raíz do mundo moderno, que parece perder o seu magnetismo em relação às novas gerações. É claro que para o viajante ocasional há, como em todo o lado, uma Grécia a que dificilmente tem acesso. Ainda assim, conhecer a Grécia é rejuvenescer num ambiente que, muitas vezes, tem muito de antigo (à semelhança de Itália).